terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Tradução: Pocket Mirror

“Mantenhas suas memórias próximas ao seu coração...”


       Pocket Mirror é um jogo de mistério, horror e aventura da equipe Astral Shift, feito no RPG Maker VX Ace, lançado em 22 de julho de 2016, com duração média de quatro a seis horas. Foi um dos projetos mais ambiciosos da comunidade ocidental de RPG Maker, realizado por pessoas de diversas partes do mundo, incluindo artistas extremamente reconhecidos como por exemplo a desenhista Jes. Ou seja, apesar de todas as características que são comumente associados aos jogos japoneses, Pocket Mirror é um jogo ocidental. Agora, finalmente, a Zero Corpse traz este marco no mundo do RPG Maker para vocês em português, graças a Charlotte.

 “Uma garota sem lembranças do seu passado acorda em um mundo fantástico, sem saber para onde ir e como retornar. Destinada a passar por diversos obstáculos, o único amuleto em sua jornada para descobrir sua identidade e voltar para seu mundo é seu pequeno espelho de bolso, objeto que ― por alguma razão ― desperta o interesse de muitos seres deste universo.”







A protagonista do jogo. Uma garota amável e prestativa, mas que está perdida.
Uma rainha de pelúcia. Severa com seus súbitos, mas perspicaz.
Uma pequena princesa. Brincalhona como a criança que é, mas solitária.
Uma protetora. Gosta de ajudar e quer manter a protagonista em segurança, mas é insegura.
Uma amiga. Auxilia a protagonista em alguns desafios, mas seu surgimento é um mistério.
Uma oponente. Instável, mas tudo que queria era tirar um peso das costas.
Um antagonista. Não é alguém amigável.
        O projeto do jogo começou em meados de 2013, e desde aquela época quem acompanhou sabia que algo grandioso surgiria ― até pela equipe altamente profissional em suas devidas funções. O resultado não decepcionou: Com gráficos originais, composições e dublagens belíssimas, jogabilidade interessante, enredo extremamente convidativo e algo que vi pela primeira vez em um RPG Maker: Uma preocupação com pessoas que possuam problemas auditivos, promovendo a inclusão. É quase impossível não se questionar como Pocket Mirror não terminou sendo pago, e completamente compreensível que seu prólogo já anunciado ― Little Goody Two Shoes ―, seja.





       Pocket Mirror usa temáticas já bastante conhecidas e consegue transformar isso em algo original. Inspirações claras em jogos como The Witch's House e Ib, junto de contos como Alice no País das maravilhas e até com animações japonesas como Mahou Shoujo Madoka Magica e Umineko no naku koro ni trouxeram um cenário completamente criativo, em que o jogador não imagina para onde ele será levado depois de terminar os desafios apresentados.

       Os subenredos que são desenvolvidos ao longo da trama contém pequenas pistas e simbologia para o entendimento da história principal, sendo estes pequenos detalhes mais nítidos e fácil de serem encaixados quando o jogador realiza uma segunda jogatina ― algo incentivado pelo próprio jogo. Aliás, a realização de todos os finais seja os do subenredos ou do próprio é praticamente necessário para que você entenda um pouco da lógica apresentada no desenvolvimento de tudo.

       Entretanto, por conta de todo esse cuidado em deixar as coisas nas entrelinhas, algumas lacunas ficaram para serem respondidas na parte dos extras (que contém alguns conteúdos especiais como imagens, lista das músicas, informações etc) e talvez no Little Goody Two Shoes, uma vez que a maior dúvida é porque nossa protagonista precisou passar por isto tudo e em qual tipo de contexto anterior se insere certos personagens.





       Sua parte gráfica é impressionante, mesmo para um jogo de RPG Maker. Dos já esperados cômodos internos aos exuberantes exteriores, vê-se que a equipe não se limitou ao querer apresentar um mundo. Se naquele momento devia acontecer isso, era isso que iria acontecer. Seja com parallax (uma forma de criar mapas no RPG Maker junto do auxílio de programas de edição de imagens e sobreposição delas no jogo), com sistemas especialmente editados para torná-los diferentes da que a engine disponibiliza ou mesmo filmes para ilustrar certos momentos, tudo foi construído em prol de uma estética facilmente reconhecível e inconfundível.

       Seja com os avatares e imagens gráficas feitas por KirameKirai ou a pixel art de Ichigo-tan, Pocket Mirror em termos gráficos foi tão bem estruturado que mesmo que eu reconhecesse certos sistemas e origens de algumas partes gráficas, tudo foi tão trabalhado de forma tão magistral que se tornou mágico, novo, exclusivo para aquele jogo. Definitivamente, neste aspecto, você não sairá decepcionado.



       Desde suas músicas, os sons de efeitos e a dublagem, tudo reflete bem o universo do jogo e nenhuma decepciona quando aparece. Suas melodias totalmente originais brincam com instrumentos clássicos e algumas específicas trabalham com momentos exatos, dando uma impressão comparável a uma trilha sonora de filme. De todas, a minha favorita é Midnight Circus, feito por Yuzuki. Ela aparece em um momento em que entendemos mais um pouco de uma das mais delicadas personagens da trama, e só de ouvi-la me faz relembrar de tudo que ela passou. É triste, mas termina de forma tensa, arquitetada de forma quase irônica pelo contraste entre cena e o clima de circo.

       Os efeitos do jogo acompanham a mesma lógica. Nenhum deles será destoante para os instrumentos delicados utilizados na trilha sonora. Tornando Pocket Mirror uma experiência agradável ― ou desconfortável dependendo da cena ― em questão de música.

         Sobre sua dublagem, apesar de preferirem não dublar o jogo inteiro (como foi o caso de The Boogie man da Uri), foi feito o possível para que, unicamente com reações, fosse expressado a personalidade e a intenção das personagens, chegando até a ter 4 faixas de som por tipo de reação. O resultado foi uma atuação compacta, mas efetiva. Nenhum riso ou suspiro é fora do que é esperado pelo personagem, e isto se mantém mesmo quando o clímax é atingido.

          Tudo isso só demonstra que a sonoplastia foi outro ponto que a Astral Shift se esforçou em trazer em um alto nível, comparável até ao trabalho que a Freebird games (To the Moon, A Bird Story) realiza ou até mais.




         Fazia tempo que não via um jogo utilizar de um nível de dinamismo na jogabilidade como vejo em Pocket Mirror. De uma quantidade considerável de minigames, puzzles, pressionar teclas repetidamente e até perseguições, cada momento você é surpreendido pela forma distinta de avançar nesse quesito. Inclusive, há um puzzle que utiliza sons, que foi readaptado para quem possui deficiência auditiva (por isso é importante selecionar a opção “[Impaired mode]” já no início do jogo).

         Entretanto, de um ponto de vista mais pessoal, eles exageraram nas perseguições. O momento de utilização estão corretos, mas alguém pode me explicar o porquê de uma das perseguições conter momentos invertidos e outros de total breu? Esta parte em específico me irritou tanto ao ponto de quase deixar o jogo ali.

         Dito isso, é notável que a jogabilidade de Pocket Mirror nem é fácil ao ponto de ser algo sem emoção e nem atinge o pico de dificuldade que faz o jogador desistir totalmente. Porém, por às vezes não ter uma progressão intuitiva, um detonado se torna indispensável, especialmente se você estiver atrás de descobrir todos os detalhes da história, uma vez que dentre as já citadas formas de desafio, você deve coletar abóboras para desbloquear informações do Extra e após a finalização é permitido ler os comentários do autor sobre as confecções da cena, demonstrando que é possível dissecar mais o jogo além da enorme quantidade de tempo disposto para gameplay.

Observação: Por conta do jogo ser muito pesado para a engine, é normal que o jogo dê erros, especialmente se você usa bastante o shift (para correr, por exemplo). Apenas reabra que Pocket Mirror continuará sem problemas, mas, é recomendável ir salvando para evitar muita perca de progresso.












       “The History of Little Goody Two Shoes” é um dos maiores contos infantis do século XVII,  semelhante à Cinderela em diversos aspectos e considerado até uma variante desta história. Uma jovem chamada Margery Meanwell ― uma órfã que vivia apenas com um sapato ― certo dia, ganha um outro par para seu sapato por um homem caridoso. Por sua imensa felicidade, ela começa a contar para todos que agora que tinha dois sapatos, ganhando o apelido de “Little Goody Two Shoes” (algo como “a pequena e bondosa dois sapatos”, numa tradução livre). Motivada pela boa ação do homem de antes, Margery começa a estudar e se torna uma virtuosa professora, casando-se com um senhor rico e viúvo (algumas variantes sugerem que ele morre, deixando a riqueza para ela). Por seu passado, Little Goody Two Shoes decide que utilizaria este dinheiro pensando em ajudar os pobres, como foi ajudada no passado. Desde sua popularização então, o termo “Little Goody Two Shoes” se refere a uma mulher exageradamente bondosa, virtuosa ao ponto de ser recatada e conservadora. ― em nossa linguagem o termo mais aproximado seria “santinha”.

       Em Pocket Mirror, muitas vezes a protagonista é chamada assim (na versão original) e isso é bastante representativo sobre sua personalidade. Little Goody Two Shoes, entretanto, fala sobre sua mãe, Elise, a quem temos referências de relance sobre seu passado e influência no enredo do jogo. O segundo projeto da Astral Shift, será desenvolvido em Unity, então é justo que eles cobrem, pois além dos custos de desenvolver em um programa mais complexo levará não só tempo como um alto investimento, mais alto do que é visto em Pocket Mirror.

       Fazendo uma pequena nota, apesar da tradução mais próxima deste termo ser “santinha”, por questões de adaptação às propostas do jogo, Charlotte preferiu utilizar o termo “senhorita certinha”.




(Obs.: É necessário o RTP do RPG Maker VX Ace, baixe-o aqui.)

✦✦✦✦

       Finalmente! Esta foi uma grandíssima tradução, e algo bastante esperado pela comunidade. Pocket Mirror é um jogo extremamente interessante e um marco para o nosso lado aqui, pois ― junto de jogos como OFF ― simboliza que não é só orientais que conseguem fazer ótimos jogos, assim quem sabe, dando esperanças para mais e mais autores correrem atrás dos seus sonhos de montar um jogo de RPG Maker. Inclusive, foi Pocket Mirror o principal incentivador de tantos e tantos projetos que vimos em redes sociais como o tumblr e ser a redatora dele me fez dedicar um pouco além do que habitualmente faço para ser digna de tal honra.

         Espero que além de terem uma jogatina boa, aproveitem este novo ano de 2021!

✦✦♛ Agradecimentos ✦✦
 
... à Charlotte, pela tradução em PT-BR.
... à Neil e Lumi,
editores das imagens do jogo.
... à Daxelth e Denis, editores de vídeo do jogo.
... ao Garry, pelo polimento da primeira versão da tradução.
... aos revisores do servidor de discord do Zero Corpse, em especial Ori e Gui.
... à Maya, do Tea Party Projectao também revisar e oferecer apoio moral
 
... e a você, jogador, pela paciência.
 
~ Charlotte
- Neil

59 comentários:

  1. Finalmente aaaa, meu jogo favorito! Obrigada pela tradução <3

    ResponderExcluir
  2. Eu estive com muita vontade de jogar esse jogo desde que eu vi uma foto dele, muito obrigada pela tradução, finalmente vou poder jogar <3

    ResponderExcluir
  3. eu só queria dizer que eu fiz parte de presenciar esse momento épico

    ResponderExcluir
  4. posso confirmar, a tradução tá boa

    ResponderExcluir
  5. OBRIGADA DEUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS E A EQUIPE DO ZERO CORPSE!
    FINALMENTE MEU PAI AMADO, MEU DEUS DO CÉUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

    ResponderExcluir
  6. EU TÔ TÃO FELIZ, MEU PAI AMADO
    ESPEREI TANTO POR ESSA TRADUÇÃO, VOU CHORARRRRRR

    ResponderExcluir
  7. Já joguei um pouco do jogo e posso afirmar, a tradução tá realmente muito boa,nos mínimos detalhes, um ótimo trabalho como sempre c:

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Um milagre acontece, Lotte Termina a tradução de pocket mirror

    PS. esqueci de agradecer a equipe pelo ótimo trabalho na tradução

    ResponderExcluir
  10. YYAAAAAAS! Esperei tanto por isso! Obrigada, gente <3

    ResponderExcluir
  11. estou indo jogar amanha mesmo heh
    obg pela tradução zero corpse!

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pela a tradução!
    vocês são demaaaaais!

    ResponderExcluir
  13. Que ótima noticia para começar o dia. Muito obrigado pela tradução do meu jogo favorito, eu estava esperando por isso a um bom tempo

    ResponderExcluir
  14. Aaaaaaaaaaaa estou em êxtase. Valeu a pena cada tempinho esperando, vcs são incríveis obrigada pelo esforço agora vou ali infartar

    ResponderExcluir
  15. YES, hora de rejogar essa obra prima
    Muito obrigado pelo bom trabalho como sempre

    ResponderExcluir
  16. AAAAAAAAAA OBRIGADO <3 <3

    Tô feliz por ter esperado até agora pra poder jogar, rsrs

    ResponderExcluir
  17. Muito obrigada pela a tradução, ele realmente é uma obra de arte. Parabens a todos que ajudaram! <3

    ResponderExcluir
  18. AAAAAAAAAAAAAAA eu vo muito chora

    ResponderExcluir
  19. Gnt, é difícil colocar em palavras o quanto estou feliz por essa tradução ter saído. É engraçado dizer isso, mas o fato de ela não ter saído no passado, foi um dos principais fatores que me levaram a jogar jogos completamente em inglês (sendo justamente Pocket Mirror o meu primeiro). Depois de aguardar alguns meses e nada da tradução (olha a minha ingenuidade), decidi acabar de uma vez por todas com meu medo de consumir obras em inglês, a qual vinha muito mais da minha falta de confiança do que do meu nível de inglês, que estava longe de ser horrível. Se hoje jogo qualquer jogo em inglês sem nem pestanejar, isso é em partes graças ao ZC. O ZC marcou minha vida de muitas formas mesmo, quando olho em retrospecto, só posso ser grata a vocês por tudo.
    Acompanhei, relativamente, de perto o progresso da tradução por esses anos que ela levou, e nem imagino como a Lotte deve estar se sentindo agora que finalmente a completou.
    Obrigada Neil, pela belíssima postagem, Lotte, pela tradução que, apesar de eu não ter conferido ainda, deve estar impecável, e ao ZC. E desculpa pelo textão uahsua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu chorei lendo seu texto :)
      A otária aqui é muito sensível
      Obrigada, muito obrigada mesmo.

      Excluir
    2. De nd, Lotte, te amo dms <3 <3 <3

      Excluir
  20. Muito obrigada pela tradução! Estava esperando por ela! Vocês são incríveis!!

    ResponderExcluir
  21. Obrigada! Post muito organizado, e tenho certeza que amarei a tradução também <3

    ResponderExcluir
  22. Vocês são incríveis! Acompanho o site desde 2016 e meu deus, fico tão feliz que vocês continuam com esse trabalho incrível e inclusivo pra quem não tem domínio em outras línguas. Não sei se vão ler meu comentário mas desejo tudo de bom e que continuem assim. Muito amor e gratidão! ❤

    ResponderExcluir
  23. Muito obrigada, acabei de baixar, melhor site de rpg maker do brasil, amo demais

    ResponderExcluir
  24. não to conseguindo baixar ;-; ta dando erro no site de download

    ResponderExcluir
  25. Eu estou na parte da danças das cadeiras, eu faço como pedido, aperto o botao A e sento na cadeira, mas chega numa certa parte que todos ficam parados e a Fleta acaba o jogo e fala que venceu, e acaba me levando ao final ruim, eu nao estou entendo se isso é um bug ou algo que eu fiz de errado ao decorrer do jogo, eu gostaria de ajuda sobre isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esquece, consegui resolver o problema!! desculpe o incomodo

      Excluir
  26. estava doida pra jogar! muuuuuuuito obrigada pela tradução <3 vcs são incríveis

    ResponderExcluir
  27. parece bonito, vou jogar, obrigada pela tradução zero corpse, vocês são incriveis

    ResponderExcluir
  28. obgd por sempre trazerem jogos tão incríveis <3

    ResponderExcluir
  29. Nossa cai de paraquedas nesse site, se eu tivesse visto isso em 2015 estaria realizada. Obrigada!

    ResponderExcluir
  30. Aaaa mais joguinho pra fazer series de rpg maker valeu

    ResponderExcluir
  31. oi meu jogo crashou e perdi todos os saves algm sabe como faz para recuperar? obg

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Oi, eu to com um probleminha
    depois de colocar as flautas na porta e da cutscene do tapa na cara com a harpae, depois de eu seguir era pela porta, apareceu um pouco da outra cutscene que ta tudo preto e branco, e do nada o jogo deu um erro de script e fechou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não joguei de novo, pq to com medo de passar por tudo e acabar dando na mesma, e é mt tempo nessa parte

      Excluir
  34. Não joguei esse ainda, mas enfim, não esquece de traduzir The Hanged Man pliisssssss ^-^

    ResponderExcluir
  35. Jogo muito bom!
    Obrigada pessoal pela tradução :D
    Vcs são uns amores <3

    ResponderExcluir
  36. Estou tendo dificuldade na parte de passar pelo espelho vermelho, sempre que entro na sala para onde tem alguém se escondendo, o jogo trava e diz que tem um arquivo não localizado, já fiz vários testes e nenhum teve resultado, alguém pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  37. Fiquei anos esperando essa tradução de vocês e estou extremamente feliz! Estou jogando pelo celular, porém não sei como correr com a personagem utilizando os controles do Cel.. infelizmente tem uma parte (sala dos quadros de mulheres) que precisa correr e eu não sei oq fazer :c

    ResponderExcluir
  38. Eu tô chorando muito com o final verdadeiro, achei mtu bonito.
    Obrigado pela tradução e nos possibilitar jogar essa obra de arte ZC!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ler a postagem inteira e tô chorando de novo, como pode? Vcs estouraram demais nessa

      Excluir
  39. opa olá! eu lembro que a uns anos atrás vocês estavam traduzindo (ou pensando em traduzir asuhash) Corpse Party Blood Covered Repeated Fear, aquele Corpse Party pra PSP... ai vocês teriam algum plano para voltar a traduzir ou vocês abandonaram de vez? já que é de PSP, e não RPG Maker, ai (acho eu) que deve ser bem mais complicadinho de mexer nos arquivos. Eu posso estar bem enganado a respeito da tradução, mas tenho quase certeza que sim ashuashsuh

    ResponderExcluir
  40. Ola! n consigo abrir o RPG Maker, n sei se realmente precisa ter ele, mais... aparece que deu erro, seria um erro no meu Notebook ou algo assim?

    ResponderExcluir
  41. Na Parte que tem a Perseguição da enjel mostro assim que sai da cena eu ja morro não consigo passad de jeito nenhum

    ResponderExcluir
  42. esses jogos rodam de boa no windows 10 tbm? talvez eu precise formatar meu windows pro 10

    ResponderExcluir
  43. Eu jogaria mesmo em ingles, eu sei 65% de ingles, mas acho q traduzido fica bem melhor, vlw zero corpse <3

    ResponderExcluir
  44. Opa!Otima tradução, gostaria de relatar que no arco da "Flare" , Quando estamos esperando por ela e se escuta um barulho de vidro, o meu está dando erro ao subir aquelas escadonas e tentar abrir a porta.Oque eu deveria fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer dize,na cena da "Harpae", cunfundo os nomes, a

      Excluir
  45. obrigado por continuarem atualizando essa página!

    ResponderExcluir
  46. Ah eai equipe! Bela tradução, mas eu vi alguns problemas.

    Primeiramente o erro antes das novas atualizações que vocês fizeram, era depois de seguir a moça que nos aguardando depois de sermos perseguidas pela garota dos espelhos, agora ocorreu um erro de falta no script(o qual é a ação de um personagem seguir o outro) na sala de espelhos da Fleta(especificamente o último a esquerda). Gostaria que arrumassem o erro e detectassem ouros possíveis :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a se algumas palavras saíram errado, meu teclado é muito ruim

      Excluir