sábado, 30 de março de 2019

The Sand Man【Tradução】

“Eu te contarei uma história assustadora. Tão assustadora que você não aguentará. É a história do Sandman...”


       The Sandman (O homem da areia; ou João Pestana em nossa cultura) é um jogo de fantasia, mistério e exploração, criado por Uri — a mesma autora do clássico The Crooked Man — em 2013, no Wolf RPG Editor. Contém uma duração mediana de 3 a 5 horas, com 6 finais. É o segundo jogo da série “The Strange Man” (sendo o The Crooked Man o primeiro). Está disponível em japonês, inglês, espanhol e finalmente recebe sua versão em Português brasileiro por Vinny (Zero Corpse).

“Sophie é uma jovem solitária que precisa lidar com a perda da mãe, a ausência do pai e a omissão da melhor amiga frente ao bullying que sofre todos os dias. Vivendo esse pesadelo, ela começa a passar as noites incapaz de dormir até que, um dia, descobre ser a única acordada na cidade inteira...”
— L.C.



       Geralmente, quando você já conhece um determinado autor, você cria expectativa quando recebe alguma nova obra dele. Infelizmente, é bem comum nesta segunda abordagem, haver uma queda de interesse entre autor e fãs, seja porque a obra não preenche essas expectativas, ou seja porque ela não foca no público que trouxe reconhecimento.

       Enfim, precisei levantar este ponto para ressaltar que este é o terceiro trabalho da Uri. Ela conseguiu emplacar com The Crooked Man, mostrou que não perde a sagacidade ao contar uma história distinta em Mermaid Swamp e agora, com The Sandman, nos prova que também é eximia em criar uma sequência tão interessante quanto seu precursor, sem perder a essência. Nele, acompanhamos Sophie, uma jovem que apresenta conflitos bem comuns para muitos de sua idade, e que por alguma razão, se torna a única pessoa acordada em um fenômeno em que todos os demais estão em sono profundo. Resta então para nossa garota pouco experiente o difícil trabalho de resolver essa situação. Ao menos, para isso, ela terá ajuda de um outro personagem querido nosso...


       Pessoalmente, quando joguei ele lá em meados de 2014, percebi a atmosfera menos pesada comparado com The Crooked Man e até simpático! É difícil, na segunda parte do jogo, por exemplo, não ficar apegado a alguns personagens e aproveitar para aprofundar laços com outros já conhecidos. O que dizer do New Game+? De longe, um dos mais divertidos que pude experimentar em jogos de RPG Maker, mesmo após anos. Mesmo que Sophie seja para mim a menos interessante de todos os protagonistas da série The Strange man, seu jogo cativa e foi uma aula de roteiro para mim com seu antagonista.

       Mesmo que eu não tenha apreço por Sophie (por gostos pessoais, apenas) ela é uma personagem bem coerente para o enredo disposto. Ela partilha de algumas características com Rin (Mermaid Swamp), mas é meramente pela proximidade de idade das duas. Além dela, personagens de The Crooked Man reaparecem e nos possibilita entender como as duas obras estão conectadas.

     Do outro lado, sem dúvida e não dando spoilers, vocês verão com o jogo consegue sair da mesmice do “antagonista que faz as coisas porque é mau”, e de uma maneira muito humorada! Aliás, é interessante ver como The Sandman consegue abordar até mesmo criaturas fantásticas, sem perder o clima de tensão disposta na primeira parte do enredo.


       Embora Uri não saia muito do estilo que ela propôs em The Crooked Man, temos duas mudanças relevantes em termos gráficos. O primeiro é que os personagens gesticulam e se expressam mais corporalmente, coisa que é bem mais utilizada em To the Moon. A outra, foi uma abordagem cartunizada das criaturas fantásticas. Não vou mentir, de vez em quando a junção de dois trações distintos, mesmo que feitos pela mesma autora causa confusão. Eu mesmo demorei um pouco para discernir os olhos cansados do Sandman em algumas artes... Inclusive do título principal (relevem, por favor).

       Saindo um pouco das ilustrações, temos os cenários. Eu não tenho ideia do tamanho da database que o Wolf oferece, ou o que exatamente Uri utilizou, mas temos uma variação enorme comparado ao seu precessor. Uma escola católica, um shopping, apartamentos e até um castelo compõe os vastos mapas que você verá — e acredite, dá para se perder um pouco com o tanto de mapa dedicados à cidade. Não é algo incomum vindo de Uri se você comparar com obras posteriores dela, mas para quem não tinha ideia do que viria após The Sand Man, é algo a se fazer elogios.


       Um mundo em que todos estão dormindo. O que você utilizaria como som? Uma pacífica e melancólica música? Algo que entretivesse o jogador enquanto anda pelos mapas? Enquanto revia o gameplay do jogo, eu reparei que Uri foi por uma resposta óbvia, mas que constrói a atmosfera perfeita: Ao invés de melodias, o jogo é de constante sons ambientes. Só em alguns casos especiais, é que somos ofertados com melodias, mas que podem terminar tão rapidamente que você sequer deguste com clareza.

       Como eu disse, é uma escolha justa e favorável para o tema do jogo, mas para um jogador que preza pela música, talvez não seja uma opção tão confortável assim. Inclusive, se a Uri não dominasse o enredo, esta falta de melodias com mais frequências faria que com que The Sand Man se tornasse uma experiência mais artificial que The Crooked Man foi. Como dito por Bell em “O Poder de uma atmosfera: Trilha sonora”, o uso ou não delas influencia muito na percepção e envolvimento do jogador. Alguns momentos poderiam ser melhor aproveitados neste quesito, sim, mas em nenhum momento isso foi uma baixa para The Sand Man.


        Uri tem um jeito interessante de fazer uma jogabilidade orgânica com o enredo do jogo. Para quem já jogou The Crooked Man, sabe o quanto ela gosta de utilizar senhas, coleta de itens e perseguições, mas nada disso soa forçado ou uma tentativa de aumentar o tempo de duração. E como a autora passou a dominar melhor a pixel art de seus personagens, haverão momentos até simpáticos de se jogar, especialmente por conta do tema fantasioso. Não vou contar muito sobre, mas o meu favorito é a missão furtiva, especialmente porque ninguém me tira da cabeça que é uma referência a um certo jogo aí (além de que Sophie fica uma graça se escondendo).

       Porém, por mais que eu elogie essa criatividade em pensar no jogabilidade, isso torna algumas vezes os jogos dela complexos para se chegar ao final verdadeiro, não é algo preocupante feito The Boogie Man, mas certamente tem coisas que levariam muito mais tempo se for feito por alguém jogando às cegas.  Por conta disso, eu não culpo caso vocês corram atrás de um detonado.


        The Sand Man foi, em 2014, um exemplo e sinal de diversas coisas. Foi nele que tivemos acesso ao trailer do The Boogie Man (e percebemos que ele seria completamente dublado!). E foi nele que notamos que, junto com The Crooked Man, eram parte de uma grande obra com 4 jogos, chamado no ocidente de “The Strange man series”. The Sand Man pode ser o menos denso de todos, mas mostrava, sem dúvida, que caminho Uri queria seguir com suas obras - tanto em termos de enredo quanto de arte. Chega a ser impressionante como ela consegue incorporar muitas nuances de narrativas ocidentais, sem perder o charme que uma abordagem japonesa costuma ter aos temas apresentados.   

       Como The Hanged Man fecha a cronologia principal da série, e ainda não recebemos mais novidades sobre Pedestal, resta ficar no aguardo sobre mais novidades vinda da autora. Enquanto isso, que tal finalmente aproveitar este marco em PT-BR?


Antes de terminar o post propriamente dito, acho que é justo pedir perdão para todos vocês. Faz anos em que esta tradução esteve marcada para sair algum dia - dia este que, somente agora, após a série The Strange Man ter finalizado e L.C. (redator original para a série) ter se retirado do blog, é que conseguimos trazer para vocês The Sand Man. Por um lado, a engine dele (Wolf) por si só era um desafio, e do outro, tivemos que lidar com problemas internos de tradução.

Sendo assim, quero agradecer ao Vinny, tradutor que já em sua primeira tradução desbravou o Wolf de uma maneira que me deixou orgulhoso e trouxe para vocês o jogo, bem como a própria vgperson, que ajudou no caso do suporte a acentuação. Agora, para os downloads.




PORTUGUÊS BRASILEIRO, por Vinny (Zero Corpse)
INGLÊS, por vgperson.

Para outros idiomas, por favor conferir a página do jogo no site da Uri.
Você pode ajudar a autora comprando o jogo no Steam aqui.


                  

Outros jogos da Série Strange Men:


Outros jogos de Uri:

Paranoiac
Sereia do Pântano
 
                  

- Neil 

52 comentários:

  1. Aah estava muito ansiosa por esta tradução!! As postagens do Zero Corpse sempre conseguem melhorar meu dia, obrigada! ^^

    ResponderExcluir
  2. AAAAA
    NaO acredito,
    estou tão feliz, finalmente saiu
    obs : sou a abakaxi, do disc, sai pq precisei desistalar alguns apps.
    volto assim que puder.

    ResponderExcluir
  3. Obgggggg pela tradução ❤️❤️❤️

    Mas eu ainda tenho uma dúvida: tem como colocar em tela cheia? 🤔

    ResponderExcluir
  4. Msmamakakakakaa mas me diz se não vou rodar a noite com essa maravilha???
    Obrigada pela tradução. Uri melhor desenvolvedora, não vebo a hora de termos mais noticias ♡♡ (última coisa q vi foi o remake dublado de Mermaid Swamp)
    E bora fazer um café gostoso pra acompanhar o jogo ♡

    ResponderExcluir
  5. Eu sou o único que ficou com lágrimas nos olhos qdo percebeu que esse é o 4° post do mês?

    ResponderExcluir
  6. Ótimo post! Parabéns pelo trabalho, Neil e Vinny <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veio o amor desse site prestigiar o jogo

      Excluir
    2. LC <3
      Cara, muitas saudades de você. E te ver nestes comentários me deixa tão feliz, a. çwç

      Excluir
  7. MEU DEEEEEEEEEUS
    omg OBRIGADO GENTE!!!!
    Eu tava quase tendo um troço esperando pela tradução ^^



    Um beijão para vocês e bom trabalho!!!

    ResponderExcluir
  8. Aeeeeee!!!! Joguei a versao em inglês e com certeza vou rejogar agora em ptbr. Torço pra que no futuro traduzam o The Boogie Man, o meu favorito da serie!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vinny disse que pretende traduzir todos os jogos da série ^^

      Excluir
  9. tinha jogado em ingles, mas agora irei denovo, pois não tinha entendido nada! obrigado pelo traBabalho zero corpse de nos fazer ter uma melhor compreensão de muitos jogos que nós gostamos

    ResponderExcluir
  10. Man eu esperei tanto por isso meus deus, vou considerar como um presente pq eu estou muito feliz

    ResponderExcluir
  11. Está dando erro no meu na hora de iniciar o game. ;-;

    ResponderExcluir
  12. É realmente não será possível eu jogar. Infelizmente nada resolve esse erro. ;-;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Vaz!
      Poderia especificar o erro que ocorre?

      Excluir
  13. Enquanto jogava, eu dei falta de uma imagem... achei que fosse só impressão, mas aí eu procurei no youtube.

    *SPOILER*

    Depois que a Sophie e a Regan saem do shopping, deveria ter uma imagem ( acho que é cgg ou cgi ) dos soldados olhando pra elas de dentro do shopping. Mas só apareceu os soldados nas janelas do shopping dentro do jogo

    ResponderExcluir
  14. ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh eu quero muito que toda a série de jogos venha em português... por favor traduzam The Boogieman ;-;

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. AHHHHHHHHHHH <3 Eu amo esse jogo, muito obrigado!!! Eu sempre gostei desse conceito que a Uri criou da "noite em que todos dormiram" sla ,_, é um ótimo cenário de terror, inclusive eu amava esse uso de sons de ambientes ao invés de uma trilha sonora em si, que é bem comum em jogos de rpg maker. Essa história ainda me inspirou e serviu de referência pra mim fazer uma história de terror aqui p-p

    ResponderExcluir
  17. não estou consiguindo jogar! quando eu extraio e começo o jogo da
    CANNOT LOCATE BASE INFO. alguém sabe um jeito de resolver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na versão do Wolf em que o jogo foi feito há um bug, em que se a pasta em que o jogo se encontra contiver acentos ou caracteres diferentes no nome, acaba por dar esse erro. Sugiro mover a pasta do jogo para "C:\" ou qualquer outra pasta que não tenha letras acentuadas no caminho.

      Excluir
    2. poxa, eu não consegui fazer isso que voce falou, mas obrigado por te me respondido.

      Excluir
    3. Tenta assim: no explorador de arquivos, vai em "Este Computador" e abre o "Disco Local (C:)", daí você pega a pasta do jogo que você extraiu antes e arrasta aí pra dentro do "C:", daí abre a pasta e tenta abrir o Game.exe.

      Excluir
    4. Finalmente consegui. muito obrigado Vinny! por dispor seu tempo a me ajudar, agora irei desfrutar desse jogaço. (passar bem).

      Excluir
    5. Vinnyyyyy te amooooooooooooo muit obgdah

      Excluir
  18. Kyaaa saiu finalmente a tradução! agora só falta The Boogie Man pra fechar a serie ^-^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opaaaa... assim que você descobrir a existência de The Hanged Man...

      Excluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. AMÉM, A QUANTO TEMPO EU ESTAVA ESPERANDO POR ESSA TRADUÇÃO AAAAAAAAAA ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    ResponderExcluir
  21. MAAAAAANO eu tava tão ansiosa pra essa tradução! Valeu a pena a espera, muito obrigada mesmo pelo excelentíssimo trabalho da equipe <3 <3

    ResponderExcluir
  22. Não to conseguindo baixar pelo media fire

    ResponderExcluir
  23. eu acho que há um erro, na parte que tem um tronco, deveria ter a opção de pegar ele, no meu não apareceu ;-;

    ResponderExcluir
  24. AAAAAAAAA S2 finalente, eu sou da época que saiu yume nikki
    mdssss
    eu estava tão ansioso, agora só falta pocket mirror vlww zero corpse

    ResponderExcluir
  25. oiie, preciso de ajuda, eu baixei o game mais quando fui abrir deu um erro oq eu faço pra eu poder jogar normal o jogo ? pfvvr eu to muito anciosa

    ResponderExcluir
  26. Existe uma possibilidade de existir uma tradução para o português o "The Boogie Man"? sem falar que estou ansiosa para lançarem uma tradução para o "The Hanged Man" para continuar as histórias da serie de jogos "The Strange Man"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos jogos da série "The Strange Man" serão traduzidos.

      Excluir
  27. MEU DEUS MUITO MUITO OBRIGADA. SOU A PESSOA MAIS FELIZ DO MUNDO <3

    ResponderExcluir
  28. Aaaa to muito triste. Não to conseguindo sair da parte da pérola rosa. SPOILER AGORA:
    Eu sei que tem que pegar a pérola, lavar ela no balde e depois fazer outra na máquina da mesma sala, só que não vai. Eu não to conseguindo criar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *SPOILER*

      Tem que pegar a Nota 2 da parede e levar pro Lubally (na sala do chá) ler, antes de poder usar a máquina

      Excluir
    2. MUITO OBRIGADAAAAAA

      Excluir
  29. ~Spoiler~

    Eu não sei se deveria, todavia, eu não consigo achar os óculos mágicos, que me permitirão ler o diário do Sandman. Eu procurei em tudo, entretanto, não aparecem para mim.

    ResponderExcluir
  30. Eu tava esperando muito tempo pela essa tradução! Vamos lá!

    ResponderExcluir
  31. Não acredito que só fui ver que essa tradução saiu um mês depois de ser lançada!!! Eu tava muito ansiosa pra poder jogar ✿✿✿

    Muito obrigada a quem traduziu, de verdade.
    Vou jogar assim que tiver um tempinho!

    ResponderExcluir
  32. **spoiler**


    não estou conseguindo passar pelo lago no mundo do sandman, acredito que eu tenha que pegar o tronco logo no começo do mapa, porém não aparece essa opção e além disso não tem mais nada que eu possa fazer

    ResponderExcluir
  33. Não consigo interagir com o pequeno castelo que tem na floresta. Apenas aparece a mensagem de que é uma casa pequena, não aparece a mensagem que era pra ter em seguida
    e não aparece para pegar o tronco, apenas entrar nele

    ResponderExcluir