domingo, 19 de agosto de 2018

Horror Time: MARETU

"Eu não procuro, eu acho!"


Olá corpses.


Para os navegantes de primeira viagem que desconhecem o que é Vocaloid, a Eyree e também a Neil forneceram em suas postagem anteriores uma breve explicação sobre.

▬ ✖ 

MARETU, também conhecido como Gokuaku-P (極悪P), é um popular produtor de músicas Vocaloid em um estilo específico de rock e dubstep. Uma de suas canções mais famosas, "Brain Revolution Girl", apareceu no jogo Project Diva X como uma das músicas disponíveis. Com atualmente, na plataforma NicoNico, mais de um milhão de visualizações. Todas as suas produções recentes têm ilustrações únicas em preto e branco, consistindo de letras em inglês e kanji. Sua principal 'diva virtual', utilizada em quase todas suas obras, é a Hatsune Miku.


Embora o artista seja mais conhecido principalmente por suas obras pertencentes ao seu primeiro álbum, "Coin Locker Baby" (com no total de 14 faixas), MARETU também possui composições anteriores a seu lançamento como World's End Tansuhall (uma paródia da música World's End Dancehall do wowaka). A maioria do álbum entrou para o VOCALOID Hall of Fame, termo utilizado vídeos sobre vocaloid que ganham mais de 100.000 visualizações no NicoNico. 

O compositor atualmente se encontra afastado do âmbito artístico por estar envolvido em uma grande polêmica.

▬ ✖ 


O álbum "Coin Locker Baby", apresenta todo um conceito único que principalmente tenta transmitir com suas letras relacionamentos conflituosos que normalmente trazem consequências futuras para a vítima do mesmo, além de estarem recheadas de críticas ácidas dependendo da música a uma seção específica da sociedade. 


Os principais temas trabalhados por MARETU são:

Relacionamentos abusivos;
Pensamentos autodestrutivos e depressivos;
Críticas a sociedade;
Finais trágicos;

Então por que escolhê-lo especificamente para uma única postagem, e principalmente como parte do 'Horror Time'? Como certamente diria meu professor de matemática: "Todo terror tem horror, mas nem todo horror tem terror". De acordo com o Wikipédia, a palavra horror significa:

... o sentimento de repulsa que geralmente ocorre depois de algo assustador é visto, ouvido ou experimentado. É a sensação que se tem depois de chegar a uma realização terrível ou experimentar uma ocorrência profundamente desagradável...

Ou seja, as músicas do MARETU não essencialmente são sanguinárias, ou aterrorizantes, porém cada uma delas explora de maneira única a verdade por trás do que realmente significa 'natureza humana'. Pensamentos e ações que apenas a humanidade 'podre' consegue expressar. Questões humanas que podem ser ainda mais assustadoras do que  apenas ouvir lendas urbanas em salas mofadas. Frases que embrulham o estômago de qualquer um. 

Existem diversos jeitos de chocar seu espectador, assim como é definido na palavra horror, e nosso artista conhece várias delas. Não é apenas preciso imagens chocantes e letras que dizem palavras explícitas chocantes, mas realmente prender seu ouvinte pelo o que importa: seus ouvidos. As melodias dele conseguem trazer uma ambientação pesada e densa mesmo quando o outro nem mesmo sabe o que significa cada uma das letras pronunciadas por nossa 'diva'. Canções como Mugoba são desconfortáveis com apenas ouvi-la.

Porém, gostaria de ressaltar que nem todas suas obras são decididamente com um caráter de história de horror por trás, muitas focam muito nas questões de sofrimento dos representados e por isso mesmo eu procurei ao máximo não focar tanto nelas, ainda que continuem sendo uma ótima recomendação para aqueles que gostarem do estilo do compositor.


Como as versões em português trazem uma tradução literal que mesmo depois de horas ouvindo não consegui encaixar as peças para escrever algo sólido, os seguintes parágrafos sobre Coin Locker Baby, Eraser Girl, Scrumize e Suji estarão baseados na tradução em inglês apresentada por Hazukino Yume.


✖ Coin Locker Baby/
コインロッカーベイビー

A música que deu o nome do álbum. Embora muitos que escrevem sobre ela afirmem da teoria de ser um bebê que queria se vingar da mãe que o abandonou, por causa de um fanmade video que eu confirmei que foi produzido não oficialmente vinculado com o artista e não necessariamente esteja de acordo com as ideias dele quando criou ela, então vamos nos basear apenas nas letras e nas outras possíveis hipóteses. 

Coin Locker Baby é baseada em um tipo de abuso, muito comum nos anos de 1970 e 1980 na China e no Japão, de que quando os pais não queriam seu filho trancava-o em armários públicos operados por moedas. Esta onda ocorreu principalmente por causa que na época ainda eram proibidas políticas de aborto. Muitas crianças morriam dentro dos armários. O acontecimento também foi retratado em um livro de Murakani Ryu. Novamente aqui temos o retrato de relacionamentos abusivos e relações sexuais sem proteção. 

E nas frases seguintes, a protagonista dá a entender que ela não sabia que o bebê iria morrer, e que apenas estavam tentando se livrar de um segredo que não queria guardar, mas que no final mesmo assim parecia surpresa com a morte da criança:

Enquanto você cochilou com um sorriso ainda em seus lábios,
seu corpo ficou frio ... ?!


✖ Eraser Girl/
少女ケシゴム


【versão traduzida por AliceSubs】

Com a participação especial da Vocaloid Gumi Megpoid (única música com uma extra participante), Eraser Girl basicamente conta a trágica história de duas garotas que se apaixonam e infelizmente precisam pagar por isso devido aos moldes injustos da sociedade. Ambas tentam fingir de tais sentimentos, tentando se encaixar nesses moldes (seguindo as tendências), mas que acabam mesmo assim sendo descobertas e rejeitadas por todos.

  • "[Você mereceu!] Eles dizem. Que mundo brutal que vivemos, não é mesmo?";
  • "Eles estão expressando um pouco de desgosto por nós.";
  • "Parece que fomos encurraladas em um canto.";

Necessariamente não é uma música que você ouça e fique pensando o quão perturbada ela te deixou, mas sim te deixando pensativo em relação a como o tratamento aos homossexuais, ainda que tenha mudado gradualmente, ainda possui várias barreiras diante de um padrão ainda enraizado e como isso causa bastante sofrimento aos envolvidos.

Ainda que, meu caro, você não se permitiu ouvi-la até o final. A última frase muda todo o contexto de tudo o que ouviu até agora. -"A vista do cenário de ponta cabeça é..."- E abruptamente a música acaba. Podendo claramente significar um possível suicídio por parte das duas protagonistas. Onde interpretamos que toda a trajetória da canção seria como uma retomada de tudo que passaram, enquanto estavam no prédio ameaçando pularem. Com a atenção toda para si as meninas receberam flash das câmeras e comentários maldosos, o que resultou no trágico final.


Uminaoshi/
うみなおし

Uminaoshi significa 'renascer' ou 'suportar novamente'. No início da música já temos o som de um aviso de trem, e gostaria que meus leitores mantivessem essa informação até o final. É uma canção que do começo ao fim, vamos ouvir as lamentações de uma mãe que parece insatisfeita com sua situação atual e com seu filho.

O fato da protagonista ser uma mãe é confirmado pelo formato do desenho do vídeo (representando um útero) e também partes como: 

  • "Ah nascido como o filho desse tipo";
  • "É uma pena, você nasceu e se estragou";
  • "Nascendo com aquele olhar desagradável";
  • "Continua acreditando nessa ilusão inocente desde que você nasceu" ;

A questão de termos uma mãe negligenciadora (e que pior é consciente do seus atos) realmente não é motivo desta canção ser decididamente perturbadora. Paremos para analisar as seguintes frases:

  • "Melhor ainda, esqueça suas lágrimas, desista com alguma dignidade e vamos finalmente ser felizes";
  • "Que a sentença para meu pecado estava chegando";
  • "Feche esse circulo de vida e morte";
  • "Termine tudo e você entenderá;
  • "Saltaremos sem hesitação e então renasceremos e assim seremos felizes.";

Agora lembre do barulho do trem. Soa tenebroso de certa forma.


✖ Mind Brand/
マインドブランド
Agora para uma quebra de expectativa drástica, vamos acalmar um pouco os ânimos e trazer uma música mais suave para amaciar o ambiente antes que desça mais o nível nas próximas obras. Deixarei vocês respirarem um pouquinho por uns minutos. Com sua icônica fase inicial, "Welcome to the mind f**k", Mind Brand é uma das minhas favoritas entre todas que MARETU produziu até este exato momento, e talvez este seja o principal motivo de eu a escolher para aliviar a atmosfera.

Mind Brand é um marco em muitos ouvintes não apenas por causa de seu ritmo embalante e envolvente que quase nos obriga a bater as palmas conforme a melodia continua, mas principalmente por sua linguagem explícita e palavrões com entonação forte perceptível na voz da nossa 'diva'. É uma música viciante que transmite não apenas raiva como também uma tristeza indiscutível.

✖ Scrumize/
スクラマイズ
As letras de MARETU são subjetivas por si só, porém mesmo com a tradução, Scrumize (juntamente com outra música dele chamada Disillusioned) trazem palavras que parecem mais difíceis de decifrar do que qualquer tipo de poema com uma linguagem mais complicada. Podendo induzir o ouvinte para qualquer tipo de visão sobre a obra. A teoria mais aceita pela maioria que a escuta é que a garota representada estaria relacionada com outro personagem de outra canção (Suji).

Então por questões da possível relação entre as duas: Estarei nomeando nossa protagonista de 'The Scrumize' e ele de 'The Suji'.

'The Scrumize' além de apresentar claramente um comportamento autodestrutivo, está em um relacionamento com o mesmo impacto para sua personalidade, abusivo. E aparentemente ela mesma percebe que seu companheiro não age de uma maneira muito saudável:

  • "Deixe-me pedir desculpas... por compartilhar com você minhas horríveis fantasias!"
  • "Tanto por afeto: tudo o que você acaba por fazer é acertar e bater."
  • "Pare, pare, pare!"
  • "Há uma tonelada de coisas que eu quero perguntar, mas vou mantê-las para mim." 
  • "Acha que é um herói da justiça? Pare com isso."

No entanto, no final, ela diz: 

E então, acabou sendo isso, e é com isso que acabamos? 
Em pouco tempo, vem uma bala de wadcutter. 
Que bom e agradável, este rifle Recoil Shock. 
Pare, pare, pare. 
Não me faça tocar nessa coisa.

Insinuando que provavelmente ele tentou abusar dela, só que 'The Scrumize' se recusou a ter relações sexuais com 'The Suji'. E no fim, acabou sendo baleada. E a canção termina com uma melodia simples de um piano tocando, começando lentamente a ficar tudo distorcido, enquanto continua soando de novo, de novo e de novo até acabar a música.


Suji significa 'músculos'. Definitivamente é uma obra que recomendaria para quem realmente tiver estômago para ouvir certos tipos de palavreado (não precisamente chulos, porém que trazem uma ideia um pouco mais pesada para devidos tipos de público), além de que sua atmosfera transmite ao ouvinte uma sensação de ambiente mais carregado e denso do que as outras músicas do MARETU.

'The Suji' em diversos momentos da música insinua um possível caso de pedofilia relacionado a outra protagonista 'The Scrumize', e nas mesmas partes demonstra uma obsessão compulsiva pela garota, chegando a um nível doentio:

  • "Vamos despir nossa inocência e nos tornar adultos."; 
  • "Eu sei que não posso ter você só de olhar para o seu rosto infantil.";
  • "Eu anseio por meus pensamentos de tocar seu corpo sujo virar realidade.";
  • "(Eu quero ver!)"

Ademais, a todo minuto parece que o suposto sujeito está consciente da sua conduta e, ao mesmo tempo, em que ele assume que está agindo da maneira incorreta, seus instintos mais prematuros de corromper a outra pequena criatura urgem em um canto obscuro de sua mente:

  • "Eu tento rejeitá-los, mas a partir do momento em que eles começam, não há como escapar."; 
  • "Eu me senti preso pela minha inferioridade."; 
  • "(Eu sou patético!)"; 
  • "Eu realmente, realmente sou o pior ...! Mas isso me excita!";

Porém, a questão que mais deixará os leitores perturbados é que 'The Suji' também afirma que estaria pensando em cometer necrofilia com o cadáver da menina pela qual estaria obcecado:

  • "Eu penso em morder seu corpo em ruínas.";
  • "Vou amarrar suas unhas despidas de volta na sua mão.";
  • "Eu sabia que foi um final apaixonante.";
  • "Você encontrou um final terrível.";
  • "Mas eu me pergunto o que vai acontecer, quando eu recolocar o pescoço cortado de volta no seu pescoço.";

▬ ✖ ▬

Eu devo assumir que apesar de amar o trabalho do MARETU, eu realmente fiquei frustrada depois de horas tendo que decidir (depois de ler em espanhol, português, inglês e ainda procurar um tradutor de japonês) qual seria uma fonte confiável para escrever minha postagem. Não imagina quantas páginas tive que acessar para colocar finalmente 'a mão na massa' e mesmo depois de escrever tanta coisa, eu ainda me sinto insegura sobre o assunto. Estava habituada com interpretações claras e que iam exatamente direto ao ponto. Além do mais, MARETU escreve de maneira super poética, complexa e bagunçada, obrigando-me a ler a mesma letra dezenas de vezes apenas para encontrar um pequeno link entre certas palavras.

Apesar de todo o estresse, eu me orgulho do que escrevi. Gostaria de retomar a questão de que apesar de ter escrito sobre as músicas dele que apresentam um significado um pouco mais sombrio, MARETU é um compositor que recomendaria para qualquer tipo de audiência. Exceto pelas canções citadas acima, as outras possuem um caráter muito mais melancólico e que sinceramente aprofunda bastante em relação a críticas, um detalhe que marca bastante suas criações, já que ele escreve de maneira direta, sem esconder qual a verdadeira mensagem que propõe passar no final.

Também devo alertar aos curiosos de plantão que não estarei comentando sobre a polêmica em que MARETU está envolvido. Não cabe a mim (e acredito que a ninguém) subjugar a vida pessoal de ninguém. Porém, devo dizer que apesar de suas atitudes (as quais nenhum de nós do blog apoiamos), estou apenas o julgando de acordo com o seu trabalho e nada mais.

Desculpem-me por ter escrito algo maior do que o costume (ainda que minhas postagens costumem ter muita informação) e deixarei em aberto para vocês teorizarem mais sobre essas músicas citadas ou até mesmo outras, muitas vezes o que eu não consegui enxergar venha aos seus olhos como água limpa. 


Outras postagens de Vocaloid


~Rina

26 comentários:

  1. Ahh que saudades de vocês <3. Entro todos os dias pra ver se postaram alguma coisa, e ontem estava tão ocupada que nem vim aqui hehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha gostado da postagem ewe

      ~Rina

      Excluir
  2. coloca mais 1% no joguinho, to carente por joguinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teremos um tradução postada em breve.

      ~Rina

      Excluir
  3. Faz tempo que não venho a esse site e pelo visto parece que não mudou muita coisa ainda e isso ta me deixando preocupado com o site :v

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Críticas são muito bem-vindas quando especificadas. Espero que considere que cada pedaço do site foi feito com muito carinho. Caso algo o esteja incomodando, pode nos informar.

      ~Rina

      Excluir
  4. Oi muito obrigada por tudo o que vocês fazem para o site, que eu sei que não é fácil. Mas, fui baixar Ib hoje e toda vez que eu chego na parte em que a Ib pega a flor do vazo ele começa a travar, vocês podem me ajudar?

    ResponderExcluir
  5. A algum tempo eu vi a tradução de Mind Brand feita pela Cristieko1(uma das minhas tradutoras favoritas). Se comparar com a tradução da Nana o significado da musica fica completamente diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tradução do japonês para o português é algo bem complicado, principalmente porque certos kanjis representam coisas diferentes dependendo da frase. Também acompanho a Cristieko1.

      ~Rina

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Heey!!Vocês poderiam fazer uma postagem sobre a série ONIBI??
    Eu queria muito uma postagem dessas,nunca entendi a história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo essa série, talvez eu faça uma futura tradução sobre, ou outra redatora se interesse.

      ~Rina

      Excluir
  8. "Canções como Mugoba são desconfortáveis com apenas ouvi-la."
    Tenho que admitir não compreender esse "sentimento", para mim as músicas são ótimas, não consigo me sentir desconfortável com elas, arrisco a dizer que são um tanto quanto "normais".

    Em relação ás letras, os temas das músicas citadas são bem polêmicos e sérios, porém não me causa nenhuma sensação (exceto Mind Brand, que é um hino).

    De qualquer forma, adorei a postagem e o tamanho dela, sem dúvidas estarei esperando por mais postagens assim vindo de você sz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um é único quando analisamos as questões de gosto musical, algumas (como é meu caso) possuem alguns sentidos aflorados demais em certa canções e outras não. Depende muito de como cada pessoa absorve e entende as obras, e sua relação com o conteúdo. Eu citei de modo geral do que eu li da maioria das reações sobre elas, incluindo meu ponto de vista.

      E muito obrigada pelo comentário e pelos elogios ;w; E espero que possa preencher suas expectativas.

      ~Rina

      Excluir
  9. Bem, ia postar minha teoria, que estava enorme, mas resolvi resumir porque infelizmente a página atualizou e perdi tudo. Enfim. Acredito que todas estas músicas estão ligadas.
    Vou ser bem rápido desta vez então hahauha

    ✖ Mind Brand
    Creio que esta música se refira a uma menina abandonada, que não possuía objetivos de vida e se sentia morta por dentro. A morte no final foi figurativa, para simbolizar como ela estava por dentro.
    Como podemos observar o cenário dessa música, podemos notar ser um local um tanto acabado, nos levando a pensar que a garota ou fugiu ou mora na rua, e o seu uniforme escolar já nos dá ideia de que ela é uma adolescente.

    ✖ Scrumize/
    Depois de um tempo, esta mesma garota se relaciona provavelmente com um homem mais velho, com quem vem tendo relações sexuais, antes fantasiadas, depois, a garota se vê em um relacionamento abusivo, e não sabe como fugir.
    ✖ Uminaoshi/
    Devido aos abusos, a garota abre os olhos, e decide fugir. O barulho do trem retrata exatamente isso, sua "liberdade", porém ela se descobre grávida, e se lamenta todos os dias com esse "fardo". Só para lembrar, que durante toda a música ela canta como a virgindade de uma boa moça é inútil. Todos os sonhos que ainda a restavam, foram levados, e seu filho lembrava destas memórias horríveis.
    "Continua acreditando nessa ilusão inocente desde que você nasceu" ;
    Porém com este pequeno verso, podemos ver um ponto de esperança ainda na sua vida.
    ✖ Coin Locker Baby/
    Desacreditada no amor, depois de toda canção ela fala
    "isso é um adeus, coin locker baby" o que é bem provável que ela tenha feito esta prática para se livrar dos ressentimentos.
    ✖ Eraser Girl/
    Ela reacredita no amor, porém a sociedade não.
    Protestos, comentário maus, sofrimento.
    Creio que quando ela canta "pintar olhos de branco" esteja se referindo a morte.
    E o barulho de flash, as câmaras, sem ninguém impedi-las.
    Porem elas se beijam, antes de se jogarem. E assim foi a morte da principal, e da que conseguiu recuperar seu coração.
    Bem, essa é minha teoria. Podem ser várias histórias separadas sobre dor que muitas mulheres passam, mas não conseguir não pensar em ligar os fatos contados.
    Amei o post :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sua teoria foi bastante bacana e ótima de ler ^^ Não concordo em certas partes, mas está bem feita.
      E MUITO OBRIGADA PELO ELOGIO! :D

      ~Rina

      Excluir
  10. Excelente post, tbh eu nem sabia sobre esse album completo apesar de escutar umas músicas dele aí k
    Tava com saudades de vocês, das traduções aa, e agora eu vi que The Sandman tá a 99%. Esse momento é meu !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que agora conhece o resto agora, não? >w<

      ~Rina

      Excluir
  11. Meu deus, eu amo e admiro TANTO o trabalho de vocês, tanto em relação as postagens quanto as traduções dos jogos. Queria agradecer pela felicidade que vocês me proporcionam com cada conteúdo mostrado. Vocês me fizeram feliz em momentos em que nunca achei que fosse possível ser, e a isso sou eternamente grata <3
    OBRIGADA PELO BOM TRABALHO ZERO CORPSE

    ResponderExcluir
  12. Obrigada você Isis por ser uma leitora tão atenciosa do blog! Obrigada pelo comentário! :3

    ~Rina

    ResponderExcluir
  13. Que excelente post! Devo admitir que foi muito esclarecedor, estava realmente presa na interpretação de algumas letras, nunca havia me tocado em coisas tão óbvias! Parabéns por todo o tempo gasto em pesquisa, sei como é desgastante ficar horas e horas tentando achar significados de músicas, haha <3

    ResponderExcluir
  14. Muito obrigada por fornecerem essa belezura de site ;3

    Acompanho a muito tempo, desde os vídeos da PlayerBarbie ,bexux e continuem assim.

    <3 <3 <3 <3

    ResponderExcluir
  15. Thanks for your sharing. Hope you can contribute more quality posts to this page. Thank you!
    geometry dash

    ResponderExcluir