sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Brincadeiras na Vida Real #3
- Horror Time -

Você tem coragem de brincar?



Sejam bem-vindos a Brincadeiras na Vida Real.

Vou apresentar para vocês algumas brincadeirinhas envolvendo o ocultismo.
Elas são perigosas, envolvem energias que humanos não compreendem, qualquer erro pode ou não ser fatal.

Cuidado com o que você vê; Cuidado com o que você sabe; Cuidado com o que você deseja; Cuidado com o que você se relaciona.

Você vem brincar comigo?
...Ou não tem coragem?




Ver Fantasmas
Para ver aquilo que sempre esteve lá, mas nunca o viu.

Começamos com esta brincadeira em específica devido... Bem, acho que por si só ela já se explica. Por que não ter um primeiro contato visual com o oculto? Só esta primeira experiência já assustará muito aqueles com o coração mais fraco e que se dizem valentes.

Ver aquilo que não deveria ser visto. Será que você tem a habilidade de ver pessoas mortas? E se conseguir, será que consegue suportar o que vê? Só não me culpem se descobrirem que suas casas não são assim tão solitárias.




1° Passo: Você precisa estar sozinho em casa. Encontre-se em um lugar silencioso. Pode sentar em uma cadeira ou deitar em uma cama.

2° Passo: Feche os olhos e tente visualizar a casa onde você nasceu e cresceu.

3° Passo: Imagine que você se encontra fora da casa na porta da frente. Abra a porta e entre na casa.

4° Passo: Ande pela casa no sentido horário e vá abrindo todas as janelas, uma por uma.

5° Passo: Agora volte, pelo mesmo percurso no sentido anti-horário, fechando todas as janelas, uma por uma.

6° Passo: Saia da casa pela porta da frente e abra seus olhos.


Não continue lendo exceto você já ter feito todos os passos anteriores.

Agora vou te fazer uma pergunta.

Enquanto você estava andando pela casa, fazendo o que pedia, reparou em alguma figura estranha à espreita em algum dos cômodos? Tente lembrar, pois o que você viu foi um fantasma...




Jogo da Fortuna
Deseja saber o seu futuro?

Você já teve vontade de saber o seu próprio futuro? Há várias teorias sobre o que pode acontecer se você ver o seu futuro, como ele mudar ou não. Entretanto ver o que pode acontecer e não ser aquilo que quer pode ser um grande choque de realidade ou até mesmo pior.

Tsuji-ura ou jogo da fortuna já foi um ritual bem popular no Japão há alguns anos atrás. Muitos daqueles que realizaram tal façanha cometeram suicídio, pois não suportaram o futuro que lhe foram dados. Cuidado, ou não.




A única condição preestabelecida para o Tsuji-ura é você ter o rosto coberto por algo, um véu, um livro, qualquer coisa, só precisa cobrir o rosto e ter um pente simples.

Etapa 1: Pegue um pente e vá para um cruzamento. Precisa ser de noite e estar bem escuro, quanto mais escuro estiver, melhor.

Etapa 2: Passe os dedos pelos dentes do pente para fazer um barulho três vezes.

Etapa 3: Diga três vezes: Tsuji-ura, Tsuji-ura, concede-me uma resposta verdadeira.

Etapa 4: Espere até que um estranho apareça. Não pode ser ninguém que você conheça. Quando você vê-lo, cubra o rosto com o que você tiver pego. Se não estiver sozinho, com amigos, todos devem cobrir o rosto.

Etapa 5: Peça ao estranho dizer sua fortuna. Se recusar ou não te responder espere pelo próximo.


Esse ritual veio do Japão, mas na Europa e até mesmo em outras religiões se acredita em algo parecido. Durante a noite, os espíritos dos mortos caminham nas ruas e que o Diabo se encontra em cruzamentos na forma humana. Portanto, você já saberá o que disse o seu futuro.

O medo de se fazer isso pode ser diferente. Se você não acredita nessas coisas de fantasmas, vai concordar mesmo assim. Não é muito seguro andar por aí de noite e falar com estranhos, ainda mais se você for uma criança.




Ritual do Reflexo Negro
Que tal ter azar para depois ter sorte, nada mal, né?

Todos conhecem a crença que quebrar um espelho dá sete anos de azar, não é mesmo? Quantos anos será que você ainda tem de má sorte? De qualquer maneira, se você seguir este ritual, você não terá azar, mas sorte. Ou seja, você vai sair ganhando.

Cuidado com espelhos, cuidado com o que você pode ver e o que você não pode. Espelhos também são considerados portais para outros mundos, inclusive dos mortos.




Tudo que você precisa é de um espelho, não importa tamanho, idade, etc, porém você não pode ter medo de quebrá-lo. Uma vela e fósforo ou isqueiro também são necessários. Você pode tentar sozinho, mas é recomendado em equipe.


Parte 1:
  • Comece depois do pôr do sol, mas nada menos do que seis horas antes do amanhecer.
  • Pegue o espelho e olhe para o seu reflexo nos olhos por três a cinco segundos, prestando atenção na energia negativa contida no espelho. Aproxime do rosto e respire diante dele para ficar embaçado.
  • Repita isso com quantos jogadores estiverem envolvidos no grupo. Depois que todos tiverem feito o passo anterior, acenda a vela com o isqueiro ou fósforo e segure perto da superfície do espelho. Assim que a vela tiver embranquecido uma parte, tire a vela e apague-a.
  • Quebre o espelho para liberar a energia negativa.
  • Deixe os pedaços quebrados ali e saia do local imediatamente.


Parte 2:
  • O azar e a má sorte começarão a te perseguir durante a noite. Incidentes começarão pequenos, mas crescerão gradativamente conforme ficando mais tarde. A sobrevivência depende do seu estado de alerta; não há regras a se seguir ou ações a serem tomadas para garantir sua segurança. As únicas dicas que podem ser dadas são:
    • Fique alerta;
    • Se estiver em uma situação ameaçadora em particular, segure sua respiração o máximo que puder.


Parte 3:
  • Você deverá sobreviver à noite ileso, a sua sorte dará a volta por cima quando nascer o primeiro brilho do amanhecer: Seu azar acabará e a sua boa sorte começará. As pessoas serão mais legais com você; o sucesso chegará mais fácil; e se você for um daqueles jogos de azar, é recomendando que você compre um bilhete de loteria.


Avisando por último, mas não deixando de avisar; Não há um lugar onde o ritual desenvolva com melhor qualidade ou seguro, mas não é nem um pouco recomendado quebrar o espelho onde você mora. Acredita-se que a energia negativa, o azar, permanece onde o espelho foi quebrado, junto dos seus cacos, portanto facilita que a energia passe para a sua casa.

Por mais que dê para o ritual ser realizado por uma única pessoa, seria bem mais recomendado se o mesmo for realizado em um grupo. Se somente uma pessoa participar, a energia ruim do espelho será direcionado diretamente àquela pessoa. Entretanto, quanto mais pessoas, mais ela será dividade. O ruim de fazer isso é que sua fortuna será também dividida.

O que explica de você evitar as energias se não respirar? Bem, na primeira parte quando você respira diante do espelho, conecta você ao espelho, logo ficam conectados dessa maneira. Se você não respirar, a conexão fica mais fraca, tanto como as energias, mas nada vai fazer o oculto desaparecer.

E o porquê do ritual ser durante essa hora? Por ser clichê? Na verdade, se você começar muito próximo do amanhecer, não dará tempo das energias negativas do espelho se manifestarem por completo antes que a luz do amanhecer purifique-as. Mais perigoso que isso é começar durante o dia, pois permite que as energias tenham mais tempo de seguir você. Não é a luz solar que purificará, mas os raios solares do amanhecer.

Talvez seja muito tarde, talvez não... De qualquer maneira, só avisando que assim que você começar, não dá para parar. É bem fácil, só espere que amanhece... se conseguir resistir.




Jogo do Armário
Que tal ter um demônio como animal de estimação?

Quando você era criança já sentiu medo alguma vez do que poderia ter dentro no seu armário de noite? Aquelas figuras deformadas, formas não definidas, difícil de enxergar, imaginação fértil, contribuíram para você acreditar que realmente tinha algo. Talvez seja um pouco decepcionante você saber que não havia nada lá... Se este for o caso, por que você não tenta fazer esta brincadeira?

Cuidado com o que você se mete, arranjar novos amiguinhos pode ter consequências. Logo aviso que vocês podem acabar compartilhando um mesmo corpo ou acabar na terra do outro. (Sendo possuído e levado à escuridão eterna).



Como esperado, o jogo não funciona durante o dia. Um caixa de fósforos e um quarto com armário são pré-requisitos básicos. Há uma opção de se brincar com um amigo também.

  1. Comece apagando todas as luzes do quarto. Certifique-se que o ambiente se encontre totalmente envolvido pela escuridão. (Cuidado quando for se locomover pelo quarto e se esbarrar em algo.
  2. Entre no armário e feche a porta.
  3. Fique na completa escuridão do armário. por aproximadamente dois minutos, virado para a porta. Você pode utilizar um despertador para ajudar a calcular o tempo exato.
  4. Pegue um palito de fósforo, segure diante de você e diga: "Mostre-me a luz ou me deixe na escuridão."
  5. Permaneça imóvel, encarando a porta fechada em completo silêncio. Preste muita atenção, se você começar a ouvir um sussurro baixo, acenda o fósforo imediatamente. Caso você for muito lerdo, algo irá te puxar por trás e te levar à escuridão eterna, game Over.
  6. Agora, se você não ouviu nada e o seu palito de fósforo não acendeu, então não olhe para trás. Apenas saia do armário e tente outra vez mais tarde.
  7. Certifique-se de manter o fósforo acesso. Caso apague sozinho, acenda outro o mais rápido possível, ou acontecerá o que foi descrito no passo 5.
  8. Segurando a sua fonte de luz e proteção em frente de você, abre a porta com cuidado e saia. Em nenhum momento deste processo você deve olhar para dentro do armário. Feche a porta do armário.

A partir de agora, você deve deixar a porta do armário sempre fechada. Só poderá abri-la na presença de luz, quanto mais luz, mais seguro. Caso você em algum momento encontrar a porta um pouco entreaberta, verá dois olhos vermelhos-cor-de-sangue, com movimentos parecidos com o de chamas, encarando-lhe. Olhar para eles aumenta a vulnerabilidade contra possessão, portanto fica mais propenso a ser possuído por ele, o demônio. Na hipótese de você entrar a porta do armário aberta, o demônio escapou, você ou alguém próximo provavelmente está ou será possuído.





Fufufu~
Boa noite. Será que você gostou do seu amiguinho novo no guarda-roupa? O alívio do amanhecer chegou? Vontade de tomar medidas para mudar o futuro? Ou de você ter visto uma sombra?

Que seja, uma vez envolvido com essas energias, dificilmente se livrará delas para sempre. Mesmo que faça elas e consiga energias boas, sempre haverá a parte negra junto, que nunca se esgota, que nunca acaba.

Já é hora de irmos. Você consegue dormir? Espero que sim, eles também.

Boa noite, durma bem.

Referências: [1][2] [3] [4] [5]

67 comentários:

  1. Eu adoro essas postagens. Sdds Mei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você ler os rascunhos, vai ter mais. Terão muitas outras.

      Excluir
    2. Criem um app pra android do canal please!?!

      Excluir
  2. Mano,finalmente uma postagem! o/
    Eu gosto desses tipos de post(apesar de não muita coragem para se fazer,pelo menos não sozinha) porém faz muito tempo que não tinha :c
    Estou feliz com a atualização :3
    *Eu adorei esses desenhos,são lindos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pretendo voltar com postagens mais variadas... Eu sinto falta de escrevê-las.
      Os desenhos são originais e foram feitos especialmente para a postagem.

      Excluir
  3. Como não amar essas postagens? Saudades de você, Mei.
    Essa brincadeira do armário mexeu comigo. Essa é a consequência de ter um armário com portas de correr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou sempre aqui. Eu faço bastante coisas por trás das postagens atualmente.
      Ei, o que você acha de tentar? Parece divertido.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Eu imagino.
      E não, obrigada, prefiro me divertir de forma menos radical.

      Excluir
  4. -Quando voce percebe que conhece o mangá da quarta imagem-
    Tenho que parar de ler essas coisas gore :T

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais especificamente é o primeiro capítulo do décimo quinto volume de Itou Junji Kyoufu Manga Collection, página 7.
      Eu gosto muito desse autor, vale muito a pena acompanhar o trabalho dele. Legal que você também gosta.

      Excluir
    2. Eu gosto bastante dos traços dele. São aterrorrizantes e um pouco doentios. Atualmente, estou procurando por mangás assim...

      Excluir
    3. Tem o mangá chamado Kuro Ihon, é um oneshot de conjuntos de histórias de terror. Se você quiser checar mais tarde...

      Excluir
    4. Obrigada pela recomendação, Mei. ^^ Eu estava com medo de ler as oneshots dele e não gostar, mas já que voce está recomendando.

      Excluir
    5. Não li esse título dele, mas reconheci o traço *-*

      Gosto bastante dele rs Mas dos que li o que mais gostei foi Tomie (e Hellstar Remina rs).

      E você, Mei, qual título do Junji Ito?

      Excluir
  5. Por mais que eu não tenha um pingo de coragem para fazer algo assim, gosto de ler sobre esses tipos de brincadeiras. Poxa, a postagem está maravilhosa ^^
    Que ótimo que voltou com esse tipo de post, Mei! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou. Uma pena você não ter coragem de brincar com alguma delas.
      Eu gostaria de voltar com mais coisas do gênero, mas isso depende da resposta dos leitores, e... É, não foi muito boa até agora.

      Excluir
  6. Adoro esse tipo de post. Algum dia irei tentar a brincadeira do armário...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você poderia tentar e nos contar sua experiência.

      Excluir
  7. eu fico toda arrepiada só lendo, já fiz bosta o suficiente pra uma vida inteira mexendo com essas coisas, quero mais não :v
    adoro esses posts Mei <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que você não tenta ter um pouco mais de sorte. Leia do espelho. Será bom para você, eu suponho...

      Excluir
    2. o legal dessa postagem é que ela envolve espelhos e armários, já tenho bons motivos pra ter medo dos dois :v

      Excluir
    3. Duvido fazer os dois juntos... Seria interessante.

      Excluir
  8. Não dá pra entrar nos armários da minha casa... Bem, acho que não teria coragem pra fazer nada disso, de qualquer modo. Mas eu gosto desses posts... Já tentei fazer uma brincadeira de um deles, e até hoje eu durmo com a porta do armário fechada (ao menos, é uma porta "de correr").

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa... Por que você não tenta fazer uma outra que não envolva armários? A primeira parece bem simples.

      Excluir
  9. no paço 6 o fosforo na tentativa falha de acende-lo manualmente n acende, ou ele tipo acendo sozinho do dana ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, entre o passo 5 e 6 é o seguinte: Se você ouvir algo, acenda. Caso você não ouvir nada, é capaz do fósforo acender sozinho. Se acender sozinho, continue seguindo a linha de ter ouvido. Se não acender sozinho, saia do armário.

      Excluir
  10. Mei <333 juro que fiquei emocionada com esse post XD me lembrou o começo da ZC . A postagem ficou maravilhosa, gótica e trevosa. COMEÇA CINZA E TERMINA BRANCO. AS RECALQUE VAI CHORA.
    Fiz todos as brincadeiras dos posts anteriores e ainda estou aqui para contar a história, mas sei lá, sempre bate o medo e a ansiedade na hora H. O que mais me interessou foi o do espelho. Tenho fixação por espelhos e essa coisa oculta deles, mas enfim vou fazer todos #vidaloka #morreu
    Por favor continue com os posts de terror.
    O que mais me interessou foi o do espelho. Tenho fixação por espelhos e essa coisa oculta deles, mas enfim vou fazer todos #vidaloka #morreu
    Por favor continue com os posts de terror

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh' Alguém que acompanha essa parte do blog.

      Para falar a verdade, estou impressionada que você tenha feito todas as outras anteriores... Não é fácil. Eu também fico fascinada com espelhos, por isso eu incluí na postagem.
      Quando você fizer essas da postagem, por favor, volte a comentar e nos contar sua experiência. Claro, isso se você voltar.

      Eu pretendo voltar a investir mais nessa parte de terror do blog. Eu não estou falando que todos os outros redatores farão, mas eu estou com vários projetos esboçados. Estou dependente da repercussão desta postagem.

      Excluir
    2. Sim eu acompanho o lado terror e aposto que muita gente tb! É o que me conquistou no blog e ainda o que mais me atrai.
      Ah sim fiz todas, menos a do Satouro-kun, essa estou guardando para uma situação extrema. Todas eles renderam situações muito engraçadas, por exemplo, na brincadeira do elevador o síndico brigou comigo e ainda reprisou a gravação das cameras na reunião do condomínio! Nem sei como não foi parar na internet.
      A brincadeira do espelho não deu certo!! Fiquei chatiada pois era a mais empolgante. O espelho não embasava nem a pau. Meus amigos pensaram que tinha alguma energia muito forte do outro lado e saíram correndo td (e eu atrás junto).
      Espelhos são magicos! Ampliam tudo, a luz e a escuridão. Quantas vezes já não pareceram ter refletido uma realidade diferente ou mostrado um brilho nos olhos irreal?
      Sobre as demais: 1 - Não me aconteceu nada quando visitei a casa. 2 -Um tiozinho apareceu no cruzamento nem me deixou falar nada, pediu as horas e foi embora. 4 - O jogo do armário foi suave, já que tava amaldiçoado antes.
      Eu adoro isso e quero ver suas demais postagens! <33 E posso te fazer uma sugestão caso você faça um #4 desse? Lonely Hide and Seek

      E Mei vc também pratica essas brincadeiras macabras?

      Excluir
    3. Morri de rir com seu ultimo comentário hahahahhah
      Quando vc for fazer a do Satoro-Kun, me manda um e-mail (af q velha, blé) ou responde esse comentário
      Eu morro de medo de fazer, já bostejei muito minha vida com esses troço, mas gostei do jogo da fortuna e (dnv) Satoro-kun
      *ficou formal demais, nem ligo*

      Excluir
  11. otimo post :D
    qual nome da fonte?

    ResponderExcluir
  12. Estava pensando em tentar, mas qual delas é menos perigosa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a do espelho
      0000 nenhum sombra vai te seguir
      00000 confia

      Excluir
    2. Creio que a primeira seja a menos perigosa. Bem, não é como se você fosse morrer só por ver. Amaldiçoar-se pode levar tempo.

      Excluir
  13. Meu armário quebrou, vou fazer a brincadeira do armário na casa de um amigo durante uma festa dele: todo mundo na sala bebendo e eu sei lá o que, e eu tá em um armário acendendo fósforos.
    Mas vou tirar a roupa do armário antes de começar. Vai que começa um incêndio... e eu fico preso lá dentro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria muito trágico, mas se você conseguisse levar o demônio para dentro do armário, não morreria em vão. Seria queimado junto de um demônio.
      Para falar a verdade, foi uma escolha esperta fazer na casa de um amigo, o demônio vai ficar lá... Ou será que ele vai te perseguir? Imagina ter um amigo possuído?

      Excluir
  14. Moro em prédio, então quando imagino devo ir de uma vez entrando pela porta do apartamento ou estando na rua, passando pelo portão, subindo para o ap...? Espero que não, pois tenho medo de elevadores e as escadas são meio sinistras (e eu perderia a conta de degrau e andares).
    Outra pergunta: Devo imaginar o apartamento como ele é agora ou como era quando eu era menor? (não que eu lembre de muitas coisas de como ele era). Preciso destranca e trancar a porta da frente quando entrar e sair?

    A postagem está fantástica. Se eu me sair bem com a brincadeira dos fantasmas vou pensar em fazer as demais (menos a do armário que o amigo de cima me deixou com medo de fogo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, o certo seria você se imaginar quando criança no ambiente como você se lembra. O mais correto é entrar desde a rua até o apartamento, a parte externa, como pegar escadas ou elevadores é menos relevante. Tente se aproximar e imaginar ao máximo como tudo era antigamente, quase como se realmente estivesse vivendo naquela época.
      Não precisa trancar ou destrancar, é uma questão de deixar aberto ou fechado. Se você se sentir melhor com tudo trancado, então tranque.

      Acho legal que você tenha gostado. Provavelmente terão outras do gênero. Eu acho que se você tiver cuidado, o fogo não será um problema.

      Excluir
    2. Fiz tudo isso, e imaginei a casa em todos os estágios que consegui (muita gente morou aqui em diferentes tempos então houve rodízios de quarto) e como sabia que uma tal sombra apareceria, imaginei uma andando comigo pela casa. Nada aconteceu, até que fui ao banheiro e parei para olhar o espelho e havia uma mulher cinza olhando para mim do espelho, bloqueando a porta do banheiro. Realmente não pensei nela, foi algo inesperado até para mim e me assustei de verdade, mesmo sendo algo que acontecia apenas no meu cérebro!

      Vou fazer os outros (e seguir o seu conselho e o do amigo de cima. Vai ser na casa de algum amigo, aqui em casa nem pensar)

      Excluir
    3. Entendo. Você fez bem. Espelho funcionam como forma de portal também, assim como água pode servir como meio de locomoção dos espíritos. Banheiro é um lugar bem propenso para esse tipo de coisa. Vejo que deu tudo bem por enquanto. Vejamos se você consegue fazer os outros e se sair tão bem.

      Excluir
  15. Acho que a Adele iria curtir essas brincadeiras macabras
    "Hello from the otherside"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escrever um romance baseado em uma pessoa que vê um fantasma no espelho e se apaixona, mas eles quase nunca conseguem se ver e muito menos se tocarem. Dessa maneira, eles vivem meio que uma história de amor proibida.

      Excluir
    2. De certa forma essa pessoa estaria apaixonada por ela mesma ou um reflexo da sua personalidade

      Excluir
    3. Não se o que ela viu não for ela, mas um fantasma.

      Excluir
  16. horror time está de volta! adorei até que... fiz a do espelho e estou me cagando de medo quase chorei. quer saber, se eu naum morrer vou enterrar os cacos e pedir perdão ao deus dos espelhos. espero que ele seja misericordioso pq acho que a sombra que eu vi naum era.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, está de volta. Eu acho que você deveria ser enterrado com o espelho. A energia negativa ficaria com você por toda a eternidade.

      Excluir
  17. Adorei o post! Ele está deslumbrante, sem contar que esse sombreamento em volta da tela deu um toque macabro >< e mesmo que ter intenção de fazer - tive más experiencias com o "Seres da Escuridão" que a Hana postou - deu-me um frio na barriga. Nem sempre, mas as vezes imaginar é pior que a realidade seria.
    A garota de boca costurada tem voz? Porque ela parece ter me lembrado alguém.
    Eu me pergunto se os fantasmas também fazem brincadeiras e tem medo de humanos~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou do acabamento do blog...
      Você deveria tentar alguma dessas, são divertidas. Lembrando, medo é um sentimento que só existe se você alimentá-lo.
      Bem, eu não creio que você tenha visto ela antes...
      Essa coisa de fantasmas terem medo de humanos me lembrou de vários filmes e desenhos que retratam isso.

      Excluir
    2. Nesse caso acho que meu medo já deve ser uma baleia obesa de 600 kg, mas talvez eu tente algum. Afinal dizem que o meio de matar um medo é enfrentando-o (ou a baleia vai ganhar uns 55 kg a mais)
      Na verdade, eu também acho que nunca a vi...
      Ah sim' Como Monstros S&A. Se criaturas fossem fofinhas assim eu quebraria quarenta espelhos e acenderia novecentos fósforos em um armário.

      Excluir
    3. Bem, você pode levar essa baleia para perder uns quilos. Ou ser um Ismael e caçar Moby Dick.
      Acho que não seria uma boa ideia acender novecentos fósforos assim... sinto que algo daria errado.

      Excluir
  18. aonde aquele olho ta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. num desses orifícios q e feio falar

      Excluir
  19. Eu adoro suas postagens desde que comecei a ler o Blog em 2013. Você me lembra muito a Naho-san de Corpse Party, seu jeito gótico de escrever, sei lá! As vezes parece que você é ela, quando teve aquela postagem do Sachiko ever after xD Que no caso, fiz com os amigos, foi bem estranho por que nós fizemos na sala de aula, só com nós nela. Mas os outros colegas que estavam com medo, ficaram na mesa em frente a sala, do lado da porta de entrada, que estava encostada. O máximo que aconteceu foi sentirmos uma presença forte e meu amigo brincar falando que tinha perdido a perna. Nisso, todo mundo gritou SUPER alto, mas quando saímos de lá, nossos colegas falaram "Não fizeram não?" E então falamos "sim, não ouviu os gritos?" "que gritos? voces estavam num maior silencio..." foi louco, saudades desse tempo :/ Fizemos no começo de 2014.

    ResponderExcluir
  20. Exite algum jeito de invocar espíritos sem se prejudicar?

    ResponderExcluir
  21. Por que será que a 2º lembra tanto FNAF?

    ResponderExcluir
  22. EU vi esse ritual 1 em Phenomeno... conhecidencia?

    ResponderExcluir
  23. Na hora de fazer essas brincadeiras: Stay Calm

    ResponderExcluir
  24. Parabéns Mei, a postagem está terrivelmente assustadora, se esse era o objetivo XD hahah
    Caramba, eu leio muito sobre essas brincadeiras, mas não tenho coragem de fazer nenhuma... Eu jogava aquela do compassado quando eu era cria, mas acho q fazia tudo errado, EOIAUEOAIEAOI
    Ano passado eu joguei Kokkuri-san sozinha(é expressamente proibido, mas joguei me cagando EAOIEUAIE), só que o Kokkuri-san não quis brincar comigo '-' Eu fiquei tipo quase 1 hora e não aconteceu nada, mas não fiz nada errado ;-; Eu quis tentar né, pq minha vida já é um oceano de azar... mas sinceramente, ACHO que o jogo só piorou, estou cada dia mais azarada XD
    É, quando eu era pequena eu via umas coisas bem loucas, mas confesso que sinto falta de ver, digo, nada do que eu vi parecia ruim...
    O mais antigo que me lembro foi quando acordei de madrugada e tinha um raio/relâmpago/slá azul neon que iluminava, e tinha forma de mão, bem grande, do lado da minha cama; aquilo ficava abrindo e fechando os ''dedos'', mas não se aproxima, só ficava ameaçando, dai peguei meu travesseiro e tentei bater naquilo muito rápido, então ele sumiu, e liguei a luz do quarto (que ficava na parede onde aquilo estava). Nada. Sabe quando você SABE que não foi um sonho? ... Tenso.
    A última vez que vi algo acho que foi em 2012/2013, eu fico triste de lembrar pq isso parece uma despedida..
    Era tarde da noite e eu tava estudando, escorada na cabeceira da cama, com um caderno aberto em cima dos joelhos e com uma das minhas lanternas... Não lembro quando peguei no sono, mas quando acordei e olhei direto pra pra frente, eu vi um par de olhos muito grandes e verdes esmeralda, me encarando; eu só consegui encarar de volta, slá, eu tava meio que maravilhada, eu lembro que via até os cílios dos olhos piscando, eram mais negros que a escuridão do meu quarto... Dai os olhos se fecharam bem devagar e sumiram, e dps de uns minutos eu apaguei d novo...
    Ç_Ç não sei pq, mas isso é mto triste pra mim...
    Exiiiiiiiste por acaso algum jogo desses por aí que não cause morte e/ou trauma psicológico?
    Agradeço se responder XD

    ResponderExcluir
  25. Sabe Mei,é nesse tipo de brincadeiras que é bom falar um velho ditado ou frase(como queira falar)que é assim:"Tem coisas que não foram feitas para serem descobertas."e também:"A curiosidade matou o gato.".Eu achei esses ditados bem interessantes para essa postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A curiosidade matou o gato
      mas a satisfação o trouxe de volta

      Excluir
  26. Eu já fiz essa primeira um tempo atras, mas nunca terminei :T
    Eu tenho um problema que é a minha mente ser teimosa, tipo, eu quero visualizar algo em cima da mesa e sem querer visualizo essa coisa de baixo da mesa, ai pronto nunca mais consigo visualizar essa coisa em cima.
    Quando fui fazer, quando eu entrei no banheiro e depois fui sair a porta fechou comigo dentro e eu não conseguia fazer ela abrir de jeito nenhum (minha ente buga igual jogo :T), ai eu desisti. Mas quando eu passei pelo quarto do meu pai tinha uma figura preta desforme com olhos dourados atras da cama dele, pequeno, como uma daquelas bolas "gigantes" de parque.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Cara, não irei realizar nenhuma delas, já tem fantasma demais me perseguindo, um deles eu o chamo de Misaki ele não costuma fazer muita coisa, só me observar e seguir, porém tem um espírito obscessivo me perseguindo, quando ele tá perto o ar fica pesado, tenho enxaquecas (coisa bem comum por agora) e parece que vou ter um ataque cardieco, outro eu vi na infância, parecia ser um demônio, eu e minha avó -as médiuns da família- o vimos, nínguem conseguia vê-lo, apenas nós duas. Quanto aos espelhos, eu os adoro, sou obcecada por eles, já quebrei um espelho na mão, a sensação, ela não foi muito boa. Rs . Ei, Mei, você possui alguma relìquia presciosa para você? Eu possuo um anel de prata levemente riscado com um cristal transparente em cima, eu vivo com ele, quando durmo sem ele...tenho pesadelos, normalmente como mariposas marrons pousando em cima de mim, cobrindo-me, sufocando-me, Misaki costuma aparecer nos sonhos, quando ele me toca, eu acordo, respiro fundo e ponho o anel. Isso acontece as 3 da manhã.

    Desculpe qualquer coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. outra coisa aconteceu acabei de lembrar, quando eu era pequena fui a um restaurante, quando fui ao banheiro, a porta trancou-se sozinha, tipo, fui mover a maçaneta para sair ela não se mexia passei uns 15 min lá, chutando a porta, quando minha mãe abriu ela me abraçou e disse: "Deveria ter me avisado que ia no banheiro, quase que te pegam", daí fiquei claustrof´bica, não sei a co-relação deste fato com os espíritos e coisa e tal, bom, quando a minha mãe apagou a luz quando saímos senti o ar pesado como sinto agora (acompanhado de dor de cabeça e como se meu coração fosse falhar a qualquer momento)

      Excluir