sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Mad Father: Comentários

Aya é filha de uma cientista misterioso. Após sua mãe morrer, em uma noite qualquer, fantasmas aparecem por algum motivo. E pelo o que tudo indica estão atrás de seu pai. O objetivo no jogo é salvar seu pai desses estranhos acontecimentos. 


O jogo foi feito por Sen, mesmo criador de Misao cujo já comentei aqui. Assim como em Misao, o jogo foi feito pelo Wolf RPG Editor, e também é de terror. Quando falei de Misao, deixei uma dúvida na postagem:

"O jogo parece fazer referências ao Mad Father, tanto que Aya parece estar ali e Onigawara também é familiar; se você tiver jogados os dois, deve ter percebido. Infelizmente não sei se é só uma referência ou se é do mesmo criador."

Em resposta, me avisaram que é sim do mesmo criador. Também me alertaram que o jogo é feito no Wolf e não em RPG Maker. Deixo essas correções e agora vou falar mesmo do jogo. E do que acho dele. Aliás, obrigada à quem me informou.

A verdade é que eu não esperava nada de Mad Father e só estava jogando por não ter nada o que fazer. Sinceramente, ele nunca me interessou, mas, como eu gosto muito de gameplays, um dia eu acabei trombando com um gameplay de MF, e aí sim eu me interessei. Não sei porque, mas eu sempre faço um comentário dizendo como eu conheci e tal. O pior é que é sempre quase a mesma coisa... 

Assim como Misao, a arte do jogo deu um toque mais que especial nele. Queria que tivesse mais imagens pelo jogo. Mas, só de ver os personagens bem desenhados aparecendo no lado da tela, já é algo muito agradável. Dá pra ver que o Sen teve um cuidado especial.

Os cenários de Mad Father são ótimos. Tem vários lugares interessantes e que muitas vezes você não os visita apenas uma vez. Como algumas pessoas odeiam ficar só procurando chaves, essa facilidade de não ter muito disso no jogo caiu bem. Mad Father é bem agradável e vale lembrar que o terror é bem leve. Por outro lado, muita gente parou pra ficar procurando as Gem's, como eu não fazia ideia do que isso fazia, no final acabou faltando umas duas e eu não consegui o extra.

Não tenho muito o que falar da trilha sonora. Acho que sou a única pessoa que curte o gritinho que soa depois que você morre... Alias, amo de paixão quando o pai da Aya grita o nome dela no final. Aquilo foi épico. Combinou muito bem com o clima que o jogo tem. Se bem que é um pouco assustador quando o pai dela te pega...

O interessante do jogo é que durante ele você acaba ajudando os fantasmas pelo caminho, e isso enquanto você está indo atrás do seu pai pra ajuda-lo. Não posso deixar de pensar que a Aya é muito generosa.

Falando em generosidade, não posso deixar de chegar em um ponto muito polêmico. Todos se perguntam se Aya virou uma assassina igual seu pai ou se ela só queria ajudar mesmo... É verdade que... pelo o que aconteceu ali parece que ela virou uma assassina. Mas, eu também quero lembrar que ela é (ou era) muito generosa. Ao mesmo tempo, não sei se ela só queria ajudar os fantasmas pra benefício próprio, quero dizer, alguns ficavam no caminho até seu pai, certo? Eu prefiro acreditar que ela era naturalmente generosa. E quando a assistente disse que ela "é igual ao pai" e que "deve ser de família". Devo pensar que ela estava falando da inteligência ou da generosidade. Todo mundo se lembra que o Pai de Aya ajudou Maria quando ela precisava, não? (ou foi mais ou menos isso...) Não acredito que Aya tenha se tornado uma assassina e vem usando a sabedoria do pai dela para prejudicar as pessoas. Desde o inicio Aya não parecia gostar do que seu pai fazia.

Feito por 窓
A história de Mad Father é interessante e bem trabalhada. O final foi o mais interessante; eu gosto quando o final até deixa uma polêmica pra que os fãs discutam... Já quanto ao decorrer da história, eu achei razoável, não foi nada tão entediante, mas também não teve nada surpreendente.

O que eu achei ruim é que teve pouca história para o Dio. Ele merecia um desenvolvimento melhor, uma atenção maior do que ele teve. (Ainda mais com um rostinhos daqueles.... ) Outra que merecia mais é a Coron (uma fantasma loirinha que vocês devem se recordar).

Os finais alternativos de Mad Father são interessantes. Admito que gosto muito quando a Aya acaba virando uma boneca, não sei porque, mas esse foi o final que mais me agradou.

Depois que joguei Mad Father comecei a jogar mais frequentemente RPG Maker (ou Wolf, se preferirem). Alias, passei a jogar ainda mais qualquer outro tipo de jogo, e também passei a dar mais atenção a estória do jogo. Então, de certo modo esse jogo está no meu coração? 

E você? O que você acha de Mad Father? Créditos da capa para Sannanai.

29 comentários:

  1. Mad Father é meu segundo jogo favorito e eu não concordo quando as pessoas dizem que não gostaram do final, achei ele até interessante para ter uma continuação do jogo e para fazer o player imaginar várias coisas diferentes, criando hipóteses. É um jogo que me marcou muito, tanto nos personagens como na história. Bela postagem, parabéns! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aya Drevis é claro que vc gostou do jogo, afinal vc é a protagonista!!!!!!!!!!!!!!

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      aliás, eu tambem amei o jogo!

      Excluir
    2. HUEGHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUE ZUEIRAS NEVER ENDS e.e UMA VEZ FÃ SEMPRE FÃ U-U

      Excluir
    3. Bem, na verdade há sim uma continuação, que é o jogo Misao. A menina de óculos é a cópia da Aya, que aparece no bônus de Mad Father. Alias, a cópia da Aya disse durante o jogo que o pai ficava horas trancado no laboratório, que foi o mesmo dito pela Aya no começo de Mad Father. Beijos. :)

      Excluir
  2. Bem, eu particulamente colocaria Mad Father no meu 3º lugar de jogos favoritos ( Até pq Ib é meu xodó kdfmjfkf <3)
    Eu gosto, as CG são LIIIIIIIIIIIINDAS, amo amo amo muito.
    Poréeeeem, eu esperava mais. Não que eu não tenha gostado da história em si e dos finais, mais eu senti que ''faltava algo''
    acho que é isso 'u'

    ResponderExcluir
  3. aue amo Mad Father (foi meu primeiro jogo )
    zerei em todos os final o ruim o bom o mais ou menos
    também achei o final que ela virou uma boneca bom
    a voz do pai realmente é epido
    o que eu mais gostei foi dos gritinhos da Aya e da trilha sonora(em principal a Aya song)
    beijus.

    ResponderExcluir
  4. Gente, gente, oi! :3
    Vocês poderiam traduzir ou fazer um post sobre o jogo de rpg maker Taut? Vi apenas uma parte de um vídeo, mas parece realmente bom e assustador. Pelo que eu sei ele é germânico, mas já foi passado para o inglês, o PewDiePie falou sobre ele em um fórum se não me engano, mas eu gostaria que vocês também falassem um pouco.
    Kissus HC ♥

    ResponderExcluir
  5. Bem, pode-se dizer que Mad Father começou minha "Carreira" nos jogos de terror...
    Eu joguei ele, e zerei de todos os finais possíveis...
    E então comecei a catar jogos como esse na internet, foi ai que eu conheci o Rpg Maker o Wolf e até mesmo o Zero Corpse.

    De qualquer forma, não desgosto desse jogo, para falar a verdade, devo toda a minha experiência a ele.

    ResponderExcluir
  6. Mad Father é um jogo bem interessante, imagine se ele fosse 3D , e um jogo de ps3? hoho! seria muito bom.
    Como o pai da Aya , existem muitas pessoas , que são chamadas ''Doll Makers'' , que simplesmente fazem experiência com humanos , da mesma forma que o pai da Aya , escroto , não?
    E o final do jogo... foi oque eu realmente entendi? Aya virou uma Doll Maker que nem o pai ? (final do jogo verdadeiro) se fosse isso eu fico bem frustrada , espero que não seja , apesar de que pareça isso , o livro das experiências do pai da Aya com humanos estava em cima da mesa aberto como se ela realmente tivesse lido , além das bonecas que estavam na parede,que se pareciam com as que seu pai fez.
    E as imagens nos créditos finais ,pra mim estavam indicando isso, se esse foi o final eu fico um pouco triste ;/ e tbm fiquei triste com o Dio ter morrido , ou quer dizer já estar morto e não poder sair comigo *Aya e Dio pra mim é um bom casal <3* e ele me ajudou , queria leva-lo para fora, pra ele ser feliz , já que ele nunca teve família, isso traz um certo ódio do pai da Aya , mesmo que seja só um jogo ;[ tadinho do Dio.

    ResponderExcluir
  7. Eu acho melhor não dar minha opinião sobre o jogo mais. Já estou cansada de gente ficar pedindo para traduzir que acabei pegando um ódio eterno no jogo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mei qual foi o seu jogo favorito ?Sem contar com Yume Nikki ou .Flow

      Excluir
    2. Yume Nikki e .Flow não são exatamente meus jogos favoritos... Bem, eu não sei... ^^ Mad Father estava na lista de favoritos até ficarem me irritando. ^^

      Excluir
    3. É por que o jogo é bom, obrigatoriamente deves traduzir, agora se o povo pedisse, quando o jogo ja esta traduzido é fail q

      Excluir
    4. "obrigatoriamente deves traduzir..." ¬.¬ '

      Excluir
    5. Obrigatoriamente deves parar de perturbar a Mei e usar o Google tradutor ou fazer Fisk, porque ela não é obrigada a traduzir nada. Já parou pra pensar que ela traduz os jogos para nós de graça, sem pedir nada em troca? '-' Tipo, ela gasta o tempo dela para traduzir jogos pra você jogar, pra facilitar sua vida, e você ainda reclama que ela não traduzir "tal" jogo? ¬¬ Ai, pfvr né .-.

      Excluir
  8. Eo diria qe ele seria interessante se eu tivesse jogado ele em Portugues. Eo qero a traduçao bab's

    ResponderExcluir
  9. Hey, tem um novo canal no youtube chamado Walker822 !! De RPG horror achei bem interessante passem por: lá : http://www.youtube.com/channel/UCQhZXWNz9Q87IX9f9PFpl4Q

    ResponderExcluir
  10. eu acho mad father um jogo otimo,sempre adorei ele e.e dava uns bons sustos,nao fica so no negocio de chaves,os puzzles as vezes complexos para as gems,e os detalhes nos desenhos,dava pra ver que tinha muito esforço colocado neles
    alfred drevis?generoso?ele so salvou a maria de morrer de fome porque ele achou que ela seria uma boa voluntaria para "experimentos",mas depois de ver as habilidades dela na medicina,pediu para ela virar a sua ajudante
    coron e dio...eles realmente mereciam aparecer mais na historia,eu sempre achei eles interessantes

    ResponderExcluir
  11. Gosto muito do jogo meu 3 favorito ( em 1° lugar - The witch's house. em 2° lugar - Ib ). Eu gosto do jogo por causa dos personagens principalmente Aya que como disse o post, ela foi muito generosa, mais acho que no final onde Aya sai viva da mansão com Maria,eu acho que realmente Aya virou uma assassina, na verdade tenho muita duvida disso se ela virou uma assassina para continuar o trabalho de seu pai, ou virou uma medica/doutora para poder ajudar as pessoas. Não importa qual seja a verdade sobre a Aya, se ela virou uma doutora ou uma assassina, ou se ajudou os fantasmas por seus beneficios, nada vai mudar o que eu sinto pelo jogo :3

    ResponderExcluir
  12. Mad Father é um jogo espetacular eu gosto muito por que foi o primeiro RPG Maker que eu já vi e pela historia, os personagens e por ser o primeiro eu gosto bastante mas não to encontrando o download vcs podem me ajudar?

    ResponderExcluir
  13. mei vc pretende traduzir mad father?

    ResponderExcluir
  14. para quem nao sabe Misao é uma continuaçao direta de Mad Father ja que a Senhora Librearie (nao sei se é assim que escrece mas TUDS BEM :D)se parece muito com a Aya do Mad Father

    ResponderExcluir
  15. lala lala lalala lalalala! Ola mei e zeros eu sou o Sr:Z eu proponho um jogo a voces e simples mas nao facil.E este jogo e descobrir meu nome mas eu tenho varios nomes falsos entao adeus conto com voce mei...

    ass:Sr:Z


    PS: as regras sao como em mad father e paranoiac enloquesa e enloquesa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mds, se mata alskalsk .-.

      Excluir
  16. Mad Father foi o meu primeiro RPG Maker e... Como dizer? Admito que estava muito assustada quando joguei :v Nunca tinha jogado e fui escolher logo de cara um de terror. Hoje vejo que não é um terror grandioso. E concordo com muito do que disse, mas... Não sei se concordo com a parte da "generosidade" da Aya. Acho sim que ela fosse um "doce de menina", ajudando e etc, mas no contexto, acredito que ela só tenha os salvado por seu pai mesmo. Não sei o motivo, só realmente acredito nisso. Consequentemente, me leva a crer que ela virou sim uma assassina no final das contas.
    Enfim. Também concordo quanto a parte do Dio. Gostaria - e muito, que ele tivesse mais destaque. Seria incrível (para mim) saber o que aconteceu com ele de verdade, mesmo que triste. E também gostava da Coron.

    ResponderExcluir
  17. eu achei o Dio e a Coron um pouco parecidos com Len e Rin de vocaloid :v

    ResponderExcluir
  18. eu gosto de Mad Father,nunca joguei,mais já assisti um youtuber jogando e o que posso dizer é que:
    Aya deve ser uma das personagens que mais odeio:Eu sei que é meio estranho e cruel mais Aya sabe o que o pai faz,descobre que ele matou sua mãe,traiu a mãe com a Maria,não dá atenção suficiente ao Dio (o que eu achei muito irritante)e AINDA ama o pai,isso pra mim é burrice e maldade dela!
    o Pai:o personagem mais FDP da história,faz experiencias com seres vivos e pelo que sei tem uma parte cheia de orgãos de coelho,ELE JÁ HAVIA MATADO O SNOWBALL ORIGINAL!traiu a esposa e mata a filha.
    Monika:pra mim a única personagem feminina inteligente nesse jogo!eu me vingaria se fosse a mãe e a judaria se estivesse no lugar da Aya(se eu não fugir com o Dio primeiro)
    Dio:meu personagem favorito pq me lembra o Garry,aquela coisinha fofa é irresistível!!!
    o que falta no jogo:Romance!Temos um personagem lindo no jogo e uma garotinha indefesa...DEVIA TER ROLADO!
    e esse é o THE END da minha opnião.

    ResponderExcluir